flyer

 

'Escritores de Parede'
exposção de textos literários, de prosa e poesia


curadoria de Leonardo Villa-Forte

textos de Alice Sant'Anna, Diana de Hollanda, Domingos Guimarães, Ismar Tirelli Neto, Leonardo Villa-Forte, Ramon Mello, Rafael Sperling e Sabrina Nóbrega

 

* * * * *

 

A exposição foi criada pelos escritores dos grupos Autores Reunidos e Coletivo Gráfico, a partir da ideia de que a grande cidade não estimula a leitura, porque faltam lugares de livre acesso e adequados a esta prática. Os autores argumentam que o hábito de ler fica restrito às casas ou às bibliotecas, espaços restritos e muito fechados. Em resposta a esta questão, os escritores adicionaram ao hall do teatro uma “ocupação literária”. Naquele local já existe a “Base Coletiva”, com uma grande mesa, cadeiras e pufes e internet sem fio grátis, onde qualquer um pode sentar-se, trabalhar ou estudar. É um local de “coworking” (espaço para pessoas que trabalham cada uma em suas tarefas, indepententemente, mas que compartilham valores e buscam coordenar esforços e trocar informações. Nas paredes, antes brancas, foram adicionados pequenos contos e poemas, de leitura rápida e imediata, mas que, segundo os escritores, têm “efeito duradouro”. São textos de livros ou blogs de jovens autores do Rio de Janeiro, cuja obra tem repercutido no ambiente literário da cidade. A atividade faz parte do do Projeto ‘JUNTO – Práticas de proximidade’, vencedor, em 2011, do edital de ocupação do Teatro Glauce Rocha, da Funarte – que fica no Centro do Rio de Janeiro.


BIGtheme.net Joomla 3.3 Templates